Ripple realmente traz mais velocidade para transações via internet?

ripple xrp

Ripple

Mantendo saldos com um gateway, a falta de velocidade da internet poderia expor o usuário ao risco de contraparte, que também é um risco que é aparente no sistema bancário tradicional. Se o gateway não honrar seu título ou responsabilidade, o usuário pode perder o valor de seu dinheiro mantido naquele gateway. Os usuários que não confiam em um gateway, portanto, podem realizar transações com um gateway confiável que, por sua vez, lida com o gateway “não confiável”. Desta forma, tem-se que ele será com o gateway certificado confiável ou de crédito. O risco de contraparte não se aplica a bitcoins e à maioria das outras criptomoedas, já que o bitcoin de um usuário não é uma dívida ou responsabilidade de outro usuário.

A rede do Ripple não roda com um sistema de prova de trabalho como o bitcoin ou um sistema de prova de participação como outras criptomoedas. Em vez disso, as transações dependem de um protocolo de consenso para validar saldos de conta e transações no sistema. Considere esse exemplo ilustrativo: João e Maria precisam enviar algum dinheiro para o outro. Maria usa dólares canadenses para conduzir seus negócios, enquanto João opera em Libras Esterlinas.

Embora isso possa não ser evidente para os usuários finais, o processo por trás do envio de dinheiro a João envolve a conversão das Libras em uma moeda comum, como USD, e a transferência do dinheiro entre o banco de Maria e o de João. Por fim, o dólar no banco de João é convertido novamente em dólares canadenses.

Isso implica em muitas taxas em cada troca e desperdiça muito tempo. O objetivo da rede e a moeda (XRP) que circula no ecossistema da Ripple visam corrigir esse problema.

A moeda digital XRP atua como uma ponte para outras moedas. Ele não discrimina entre uma moeda fiduciária / criptografada e outra e, assim, facilita a troca de qualquer moeda por outra. Cada moeda no ecossistema tem seu próprio gateway. Se um usuário quer bitcoins como pagamento pelos serviços prestados a contraparte não precisa necessariamente ter bitcoins. Ele pode enviar o pagamento para seu gateway em dólares canadenses (CAD) e o requerente pode receber bitcoins de seu gateway. Um gateway não é necessário para iniciar uma transação completa, vários gateways podem ser usados, formando uma cadeia de confiança que se estende pelos usuários.

A alternativa que a Ripple propõe é o uso da XRP como uma moeda comum subjacente a todas as transferências de dinheiro entre moedas diferentes (o dólar é atualmente a moeda mais comum). Não são apenas as taxas de transação muito mais baixas para converter de uma moeda para XRP e vice-versa, mas as transferências levam no máximo 4 segundos para serem executadas e verificadas.

Alguns bancos globais já começaram a adotar o Ripple realizando parcerias técnicas e comerciais, já que ele economiza muito dinheiro a longo prazo, evitando taxas de câmbio e velocidade de transferência dos dados. A moeda, bem como a Rede Ripple, foram criadas com propósitos ligeiramente diferentes em mente, e vale a pena considerar se elas oferecem vantagens sobre o bitcoin.

Rápido e barato

O processamento de transações de ondulação demora apenas quatro segundos, uma vez que é significativamente menos ativo em comparação com o bitcoin. Isso tem a vantagem adicional de taxas de transação mais baratas, enquanto o preço das transações de bitcoin tem aumentado ultimamente à medida que mais pessoas adotam a plataforma.

Sem mineração

Todos os 100 bilhões de XRP que podem ser usados na plataforma já existem e estão em circulação. Apesar de não estarem todos no mercado – alguns são lançados no mercado todos os meses para evitar inundações – não há mineração de uso, pois não há nada de valor a ser adicionado, ao contrário das criptomoedas mais tradicionais. O consenso funciona para melhorar a integridade do sistema, evitando gastos duplicados. Um usuário do Ripple que inicia uma transação com vários gateways, mas envia habilmente os mesmos US $ 100 para os sistemas de gateway, terá todos, exceto a primeira transação, excluída. Os nós distribuídos individuais decidem por consenso qual transação foi feita primeiro por meio de uma pesquisa para determinar o voto majoritário. As confirmações são instantâneas e demoram cerca de 5 segundos. Como não há autoridade central que decida quem pode configurar um nó e confirmar transações, a plataforma do Ripple é descrita como descentralizada. Porém, há controvérsias.

A técnica de ondulação foi feita pela empresa Ripple, mas pode funcionar sem ele devido ao seu ledger compartilhado. O sistema já é utilizado por empresas grandes como UniCredit, UBS e Santander; a tendência é que a Ripple seja cada vez mais adotada por bancos e redes de pagamento como tecnologia de infraestrutura de liquidação devido à velocidade de pagamento dentro da rede, estabilidade da tecnologia e capacidade de moeda como ponte.

Havia 100 bilhões de XRP criados no início da Ripple, que é o limite da moeda de acordo com as regras do protocolo. Dos 100 bilhões criados, 20 bilhões de XRP foram retidos pelos criadores e os 80% restantes foram entregues à Ripple Labs para venda.

Iniciativa

A Ripple lançou uma nova iniciativa, a Xpring, que fornecerá investimentos e doações para empreendedores usando o token XRP e o ledger XRP, anunciou a Ripple na data de 14 de maio.

Um ex-diretor da Rede de Desenvolvedores do Facebook, Ethan Beard, atuará como vice-presidente sênior para liderar o programa de desenvolvimento da Xpring e da Ripple. Beard disse que o protocolo XRP – com sua velocidade, escalabilidade e comprovado uso no mundo real – é uma ótima ferramenta para startups e empreendedores construírem empresas.

Onde comprar

Para comprar Ripple, você precisa criar uma conta em uma exchange estrangeira como a Binance e enviar seus Bitcoins para serem trocados por XRP. Depois, é recomendado armazenar essas moedas em uma wallet pessoal por questões de segurança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *